terça-feira, 5 de agosto de 2014

As 20 drogas mais perigosas e viciantes

Blog post: As Drogas mais perigosas

Este artigo foi baseado num Documentário da BBC, complementado com informação da Wikipédia, entre outros sites. Esta classificação foi feita por um grupo de cientistas ao longo de 2 anos, Liderada pelo Professor David Nutt (Psicofarmacólogo), com objectivo de criar a primeira lista de drogas cientificamente válida, ordenada pelo nível de danos. Os três critérios para a sua classificação eram: “O que a droga provoca à pessoa que a consome”, “Taxa de dependência”, “Consequências para a sociedade”. À medida que aplicavam esses critérios a cada umas das 20 drogas, tornou-se rapidamente obvio que esta abordagem seria muito controversa. Então os critérios foram abandonados e substituídos por uma reavaliação radical daquilo que realmente define os perigos de uma droga. A lista resultante é surpreendente controversa e com certeza discutível, mas o mais importante é que se baseia na ciência.

1. Heroína
2. Cocaína
3. Barbitúricos
4. Metadona
5. Álcool
6. Quetamina
7. Benzodiazepinas
8. Anfetaminas
9. Tabaco
10. Buprenorfina
11. Cannabis
12. Colas, Tintas e Aerossóis
13. 4NTA (Flatlinner)
14. Ácido Lisérgico Dietilamida (LSD)
15. Cometilfinidato (???)
16. Esteróides Anabolizantes
17. GHB, Gama Hidroxibutírico
18. Ecstasy
19. Nitrato de Amyl, “Poppers”
20. “Cat”

1. Heroína
Pode ser injectada ou fumada, é usada como analgésico ou como droga recreativa. Funciona no centro de recompensas do cérebro, e é por essa razão que cria uma dependência tão grande. Quando injectada provoca uma enorme sensação de euforia equivalente a um orgasmo, uma dose única pode durar de uma a três horas. Como afecta a região do cérebro que controla a respiração, uma overdose pode ser fatal.

2. Cocaína
É um estimulante com nível viciante de proporções gigantescas tanto a nível físico como a nível psicológico. Existem dois tipos de cocaína, em pó para ser snifada e também em forma de pedra para ser fumada (crack).

3. Barbitúricos
Costumam ser receitadas para a depressão, ansiedade e insónia. Quando usados de forma ilegal podem dar uma sensação de relaxamento, deixar a pessoa sociável e bem disposta. É considerada uma das piores drogas porque em caso de overdose, o mais certo é resultar em morte.

4. Metadona
É uma droga de rua, é um opiáceo, é semelhante à heroína mas menos viciante. A metadona é uma espécie de heroína menos boa. Como não há sensação como da heroína facilmente se chega à overdose sem efeitos de euforia.

5. Álcool
Disponível desde os primeiros dias da civilização. O álcool é um sedativo, os efeitos são sentidos no cérebro em apenas 5 minutos, acciona vários neuro-tranmissores incluindo a dopamina que se encontra em grandes quantidades no centro de recompensas do cérebro, a estimulação deste sistema, não só gera prazer como também dá ao álcool as propriedades viciantes. O álcool actua como um depressivo mas em pequenas doses afasta inibições, tornando a pessoa mais sociável e faladora. À medida que as doses aumentam a fala começa a arrastar-se, a coordenação fica afectada, provoca náuseas e vómitos. O consumo prolongado pode levar a lesões no coração, no fígado e no estômago.
O álcool se fosse uma nova droga inventada nos dias de hoje, seria uma droga de Classe A, Seria uma droga ilegal.
* Dopamina - é um neurotransmissor, precursor natural da adrenalina e da noradrenalina. Tem como função a atividade estimulante do sistema nervoso central.

6. Quetamina
Normalmente utilizada como tranquilizante para cavalos, tem efeitos analgésicos muito poderosos, mas tornou-se numa popular droga ilícita por ser um alucinogénico forte. É snifada como cocaína, e provoca uma série de efeitos como a alteração da realidade, entorpecimento corporal, e uma dissociação daquilo que nos rodei de tal forma que as pessoas acham que conseguem esticar os braços até ao fundo da rua. Em doses elevadas pode resultar em paragens cardíacas e até respiratórias. É especialmente perigosa quando misturada com outras drogas depressivas, incluindo o álcool. O consumo prolongado pode levar a uma dependência psicológica e à psicose.

7. Benzodiazepinas
São tranquilizantes suaves que receitados pelos médicos, são usados no tratamento da ansiedade, das insónias e das convulsões. Quando tomadas ilegalmente, podem levar à perda de memória, náuseas, ansiedade e depressão. Consumidas com álcool são muitas vezes fatais, e estão por trás das 4060 mortes registadas anualmente no Reino Unido.

8. Anfetaminas
Como estumulantes podem transmitir sensações de energia e confiança, mas tomadas em excesso tornam-se muito viciantes, pois à medida que aumenta a tolerância, também aumenta o consumo, levando à paranóia e à depressão, e em casos extremos a ataques de pânico e a violentas mudanças de humor. Nas ruas são frequentemente misturadas com outros químicos perigosos.

9. Tabaco
Reduz a esperança de vida em média de 10 anos, causa 40% de todas as doenças hospitalares e é uma das drogas mais viciantes do mercado.

10. Buprenorfina
Um opiáceo de Classe C normalmente usado para dores intensas e para tratamento para dependentes de heroína, que quando tomado via oral pode bloquear o efeito da heroína. É usada de forma ilegal por causa dos efeitos eufóricos e alucinogénicos. Como é uma opiáceo forte pode facilmente levar a uma overdose.
* opiáceo - produto à base de ópio.

11. Cannabis
Como a Cannabis é normalmente fumada, chega quase imediatamente ao cérebro, activando os receptores da canabinóides aí presentes. Em pequenas doses causa euforia, relaxamento e alívio das dores, mas em doses mais altas pode causa paranóia e perda de memória recente. Também pode levar a uma forma de dependência e recentemente foi associada ao cancro do pulmão. Das centenas de compostos encontrados na Cannabis, parece que o químico THC (tetrahidrocarbinol) pode estar associado ao comportamento psicótico.

12. Colas, Tintas e Aerossóis
O uso indevido destas drogas é comum. Os solventes são inalados e portanto chegam depressa aos pulmões, muitos deles são químicos bastante tóxicos como o metilbenzeno, que tem efeitos terríveis no coração. No Reino Unido existem mais de 300 mil consumidores e uma média de 60 mortes por ano incluindo quem consome pela primeira vez. 20 crianças morrem por ano devido a uma paragem cardíaca quando cheiram o inalante.

13. 4NTA (Flatlinner)
Criada para ser vendida nas ruas como alternativa ao Ecstasy. Mais poderosa 33 vezes que o Ecstasy. O perigo reside no facto de que apesar de ser um estimulante, não produz o mesmo efeito eufórico que o Ecstasy, portanto os consumidores tomam mais pensando que não resultou e acabam por morrer de overdose.

14. Ácido Lisérgico Dietilamida (LSD)
É consumido por mais de 83 mil pessoas no Reino Unido, mas não há registos de mortes recentes causadas pelo consumo. Foi começado a ser utilizado em terapia á mais de 50 anos no Reino Unido. Primeiro o LSD actua no sistema da Serotonina no cérebro, uma região responsável por sensações de bem-estar, pois actua no córtice frontal que processa alguns dos nosso pensamentos abstractos. Também parece reduzir a comunicação entre diferentes regiões do cérebro, levando a uma perda de inibição e uma maior extroversão. Os complexos efeitos neurológicos podem dar origem a poderosas alucinações.

15. Cometilfinidato 
Droga de Classe B. É o ingrediente activo de medicamentos como Retaline, está indicado no tratamento da hiperactividade. Quando usados ilegalmente, estes comprimidos são esmagados e “snifados” para obter efeitos rápidos. É um estimulante poderoso, por isso, se consumido em excesso pode levar a vómitos, convulsões, tremores, delírio e dependência.

16. Esteroides Anabolizantes
O abuso desta droga pode ser muito prejudicial a uma pessoa, desde a esterilidade ao alto risco de falha hepática a derrames cerebrais e ataques cardíacos. Há mais de 40 mil de consumidores só em Inglaterra e no País de Gales, o uso indevido destas drogas pode levar a agressões e violência

17. GHB, Gama Hidroxibutírico
Mais de 5 mil mulheres britânicas afirmam terem sido vítimas de violação com recurso à droga GHB. Esta droga deixa as pessoas felizes, sensuais e desinibidas. Consegue-se detectar pelo cheiro, o que a torna mais difícil de a camuflar, quando misturada com bebidas alcoólicas pode resultar em morte. Não se sabe a quantidade de consumidores no Reino Unido, mas é responsável por uma média de 3 mortes por ano.

18. Ecstasy
É uma droga ilegal. Mais de 500 mil consumidos em Inglaterra e no País de Gales e com uma média de 27 mortos por ano. Esta droga causa a morte devido a causar desidratação e demora tipicamente 30-60 minutos a surtir efeito. Sintetizado pela primeira vez em 1912 foi patenteado inicialmente para controlar hemorragias. Mas nos anos 70 foi introduzido ilegalmente no mundo da dança. É uma droga estimulante que pode causar alucinações ligeiras e também gera sensações de euforia, empatia e energia, provocando um aumento da temperatura corporal e do batimento cardíaco. Quando se difere um comprimido de Ecstasy, dá-se a libertação de Serotonina, o “mensageiro” químico do cérebro responsável por regular o humor e a memória.
* A serotonina é um neurotransmissor, isto é, uma molécula envolvida na comunicação entre as células do cérebro (neurónios)

19. Nitrato de Amyl, mais conhecido como “Poppers”
Droga Legal. Inalada directamente de uma garrafa, produz uma sensação rápida de euforia e de relaxamento dos músculos do esfíncter. Os efeitos são breves mas podem resultar em náuseas e fraqueza, se a droga for engolida é tóxica. Não causa dependência e é consumida por mais de 400 mil pessoas no Reino Unido.
* Esfíncter – Designação de certos músculos anulares, que pela sua acção fecham ou apertam orifícios e condutos naturais do corpo.

20. “Cat”, é um arbusto de folhas verdes.
É uma droga estimulante legal, quem a consome fica alerta e cheio de energia, mas em excesso pode a insónias, impotência e hipertensão. É popular entre a comunidade da Somália e estima-se que 40 mil pessoas a consumam no Reino Unido. Não há mortes registadas derivadas do consumo.


Bibliografia:
Documentário BBC : Horizon - Countdown to Delirium
pt.wikipedia.org : Para recolha e confirmação da informação.
www.Google.pt : Para confirmação dos nomes das drogas
www.priberam.pt/dlpo/dlpo.aspx : para definições de palavras

1 comentário:


  1. 5 Terríveis Efeitos do LSD
    http://blog.viversemdroga.com.br/5-terriveis-efeitos-do-lsd/

    ResponderEliminar